Boa infraestrutura é fundamental para a melhoria da segurança viária

Boa infraestrutura é fundamental para a melhoria da segurança viária

 

Paving Conference terá ainda seminários e workshops sobre temas relacionados à infraestrutura rodoviária sendo realizados hoje (28) e amanhã (29)

 

O investimento em infraestrutura é fundamental para a melhoria da segurança viária, aliado a outros fatores como educação dos pedestres e fiscalização. Nesse sentido o Plano de Segurança Viária, chamado Vida Segura tem como objetivo transformar São Paulo  em um das cidades com tráfego mais seguro  do mundo a partir de investimentos que reduzam as ocorrências graves e as mortes no trânsito. “Não podemos tirar o foco que a questão principal dos acidentes de trânsito na cidade de São Paulo são os automóveis. Claro que há questões periféricas como o uso de patinete, que tem grande repercussão na mídia, mas a prioridade na cidade é o tráfego por veículos”, defendeu Luan Ferraz Chaves, Secretario Municipal de Mobilidade e Transportes, durante o Seminário de Segurança Viária, na Paving Expo & Conference. 

Segundo ele, apesar do pedestre ter sua parcela de responsabilidade, a questão da infraestrutura pode ser fundamental para aumentar ou reduzir possibilidades de acidentes. O plano municipal prevê a alocação de R$ 35 milhões para intervenções de segurança viária e cria espaços a fim de ampliar como Áreas Calmas, Rotas Escolares Seguras e o Programa de Orientação de Travessias para ampliar as rotas de  segurança para transeuntes. 


Michel Angelis Miquilin, engenheiro da divisão de segurança no trânsito da 3M do Brasil, acrescentou que uma das principais causas para a ocorrência de acidentes é a visibilidade. ”Pesquisas comprovam o aumento de acidentes a noite, quando há decréscimo de visibilidade associado à velocidade. E o risco aumenta quando a atenção do condutor é desviada pelo celular”, diz ele. Por isso é fundamental qu se façam investimentos em infraestrutura, comunicação, fiscalização e educação de pedestres e motoristas, destacou.  O evento contou ainda com palestra de Valter Luiz Vendramin, diretor técnico da ABSeV – Associação Brasileira de Segurança Viária, que abordou os desafios do tema em uma sociedade 4.0.


Ligantes asfálticos podem ser coringas para elevar a qualidade


O professor Luciano Pivoto Spech, professor da Universidade Federal de Santa Maria, em sua palestra sobre a caracterização e seleção de ligantes e misturas asfálticas, mostrou o trabalho de pesquisa que ele tem realizado na universidade, com apoio de estudantes, desenvolvendo dados e literatura referencial a fim de disseminar o uso e as possibilidade dos ligantes asfálticos dentro da realidade brasileira. Ele levou o case da Ponte do Guaíba, que exigiu acompanhamento e estudos detalhados para chegar a melhor solução de ligantes e que tinha como ponto crítico o pavimento com 5 cm de mistura asfáltica, que não podia ser aumentado. 

Ele enfatizou o apoio e colaboração das empresas para o desenvolvimento de uma solução adequada para a restauração da ponte. “Foram desenvolvidos dois produtos específicos para a recuperação do pavimento”, em um caso concreto de parceria entre universidade e empresas privadas. “Como engenheiros nós temos o dever de mostrar ao poder público que o defeito custa muito mais”, ressaltou.


Wilson Unger Filho, da área de desenvolvimento do Grupo CCR, mostrou o desafio da empresa em buscar soluções de reciclagem do asfalto em  rodovias de alto tráfego por meio da fresagem com rejuvenescedor. Guilherme Montetrusque, consultor e professor da faculdade de Engenharia Civil da Univasp abordou o tema da Strata como membrana asfáltica anti-fratura resistente à propagação de trincas.

 

A importância da compactação na obra



O custo da compactação em um projeto pode ser considerado baixo em relação ao de outras etapas, mas sua qualidade é fundamental e pode trazer reflexos imprevisíveis para o empreendimento como um todo. “Por isso é tão importante falar sobre compactação”, destacou Paulo Roese, gerente de Território para o Brasil, Paraguai e Uruguai da Caterpillar, durante o Workshop da Compactação, realizado dentro da Paving Expo & Conference.


Ismael Eduardo Correa, consultor de desenvolvimento de Mercado do grupo Sotreq, ressaltou que é fundamental proporcionar conhecimento e treinamento ao cliente para que ele possa tirar o melhor proveito do equipamento, que hoje conta com uma série de recursos inteligentes. “Num passado recente, o mercado demandou muitas máquinas mas sem o preparação adequada do operador. Por isso fazemos um grande esforço de levar essas palestras e treinamentos até os clientes”. 


O workshop contou ainda com a participação de Enrique Caceres, consultor de mercado para produtos de pavimentação na América Latina da Caterpillar; Ricardo Picarone, responsável pelos negócios de infraestrutura da Kennmetal  do Brasil; e Franco Brazilio Ramos, da Trimble Brasil Soluções , que abordou as ferramentas eletrônicas, como sistema de GPS e tecnologia 3D, que podem ser instaladas aos compactadores otimizando toda a operação.

A Paving Expo conta com a participação de mais de 100 expositores nacionais e internacionais. O evento inovador apresenta uma série de atrações. A Paving Conferece conta com uma programação extensa, formada por workshops e seminários, promovidos por instituições governamentais e setoriais e empresas do segmento. Já o Parque de Equipamentos conta com 5 mil metros de um showroom com equipamentos dos principais fabricantes e distribuidores do setor, incluindo a Elgimaq, Veneza/John Deere, Lafaete, New Holland Construction, Romanelli, Sotreq/Caterpillar, Wirtgen Group, entre outros. 

A Paving Live, com o apoio da Peri do Brasil, tem uma programação dinâmica, onde os influenciadores digitais apresentam diariamente notícias e novidades evento e debatem conteúdos com convidados. A Ilha das Startups reúne startups do setor da construção civil com inovações tecnológicas, serviços e soluções para os visitantes. Por fim, o Banco de Talentos é uma iniciativa na área de recursos humanos para fomentar o contato entre profissionais e empresas com a captação de currículos de visitantes.

Os comentários estão encerrados.