0 Item EnglishPortugueseSpanish

Tarcísio Gomes de Freitas também assina, em Washington, memorando de cooperação com governo norte-americano

Nos dias 27 e 28 de junho, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, cumprirá uma série de agendas em Washington, Estados Unidos, com o objetivo de apresentar o plano de concessões do governo brasileiro a investidores, além de participar de evento internacional sobre transportes. As agendas incluem uma reunião com a secretária de Transportes do governo norte-americano, Elaine Chao, para assinatura de memorando de cooperação na área entre Brasil e Estados Unidos.

O ministro também apresentará um painel no Americas Transportation Summit – evento realizado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) – na manhã de quinta-feira (27), na capital estadunidense. Freitas vai falar sobre o “Desenvolvimento de políticas para a melhoria dos serviços de transportes”, ao lado dos ministros da área da Argentina, do Chile e dos Estados Unidos. Na sexta-feira (28), haverá uma coletiva de imprensa com o ministro Tarcísio Gomes de Freitas na Embaixada do Brasil, em Washington.

MEMORANDO DE COOPERAÇÃO – Também na quinta-feira, o ministro da Infraestrutura se reúne com a secretária Chao, do US Department of Transportation, para a assinatura de memorando de cooperação (MOC) entre Brasil e Estados Unidos. O documento prevê o intercâmbio de informações científicas, especialistas, estudantes, além da realização de pesquisas conjuntas em transportes, inovações com veículos automatizados e conectados e sistemas aéreos não tripulados. Em abril, o Ministério da Infraestrutura já havia estabelecido com o Departamento do Tesouro dos EUA um termo de referência (TOR) para fortalecer a relação de trabalho entre os dois países, no âmbito da cooperação no desenvolvimento e investimento em infraestrutura. Neste mesmo dia, Freitas apresenta a investidores e executivos do BID o plano de concessões do Ministério da Infraestrutura.

Já na sexta-feira (28), ao longo de todo o dia, a agenda do ministro prevê encontros com investidores e executivos de empresas para mostrar o potencial do mercado brasileiro de infraestrutura.

PLANO DE CONCESSÕES – Em 2019, o ministério já concedeu à iniciativa privada 23 ativos, totalizando arrecadação de R$ 5,76 bilhões com as outorgas. Até o final do ano, serão realizados outros leilões de rodovias, ferrovias e portos, com previsão de investimentos da ordem de R$ 29,78 bilhões. Entre 2020 e 2022, há previsão de R$ 180,22 bilhões em investimentos a partir das concessões de novos lotes de aeroportos, ferrovias, portos e rodovias.

Para o ministro, a parceria com investidores norte-americanos pode beneficiar ambos os países. “Brasil e Estados Unidos têm uma relação histórica e um comércio bilateral bastante considerável. O crescimento desse comércio depende de infraestrutura adequada e de sistemas intermodais eficientes. O Brasil está se preparando para o futuro do transporte e queremos a parceria dos EUA para continuar desenvolvendo o setor”, avalia o ministro Tarcísio de Freitas.

Fonte: