0 Item EnglishPortugueseSpanish

Com certeza a Paving Expo contribuiu para esse crescimento , 2020 será muito melhor !

 

O reaquecimento do mercado imobiliário tem impulsionado a indústria, que prevê crescimento também para 2020

A indústria de máquinas de construção vem conseguindo se recuperar da forte crise dos últimos anos. O setor deve encerrar 2019 com um crescimento das vendas de 37%, puxado principalmente pelo reaquecimento do mercado imobiliário.

A maior parte das máquinas comercializadas no setor é utilizada na movimentação de terra – a chamada linha amarela (por isso a cor delas). Uma escavadeira, por exemplo, custa em média 400 mil reais. E em um país cujo déficit de moradia e infraestrutura é enorme, importantes players globais disputam esse valioso mercado: a norte-americana Caterpillar, as italianas Case e New Holland, a sul-coreana Hyundai Heavy Industries, entre outras.

De acordo com o estudo Sobratema do Mercado Brasileiro de Equipamentos para Construção, da Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração (Sobratema), divulgado nesta quinta-feira, 28, as vendas de linha amarela devem encerrar o ano com um avanço de 31%, para 16,6 mil unidades.

Nesse segmento, a maior parte das vendas se concentra nas retroescavadeiras, categoria que deve apresentar um avanço de 57% no ano.

Embora o crescimento seja expressivo, ainda há muita ociosidade na indústria. A capacidade instalada total dos fabricantes, que se prepararam há alguns anos para atender a uma demanda muito maior, gira em torno de 60 mil unidades.

Fonte: Exame